Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Declaração à imprensa da Presidenta da República, Dilma Rousseff, após almoço em homenagem ao Presidente da República Federal da Alemanha, Joachim Gauck

Declaração à imprensa da Presidenta da República, Dilma Rousseff, após almoço em homenagem ao Presidente da República Federal da Alemanha, Joachim Gauck

por Portal do Planalto publicado 13/05/2013 15h58, última modificação 04/07/2014 20h17

 

São Paulo-SP, 13 de maio de 2013


Excelentíssimo senhor Joachim Gauck, presidente da República Federal da Alemanha.
Senhores e senhoras ministros de Estado e integrantes das delegações da Alemanha e do Brasil.
Senhoras e senhores jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas. Posso falar para vocês? É a primeira vez que me agradeceram. Muito obrigada.
Tive a satisfação de encontrar-me hoje aqui, em São Paulo, com o presidente da República Federal da Alemanha, senhor Joachim Gauck, que nos honra com sua primeira visita ao Brasil. É com prazer que manifesto minha admiração por sua história pessoal de defesa dos direitos humanos e da democracia. Tenho grande admiração por seu ativismo e trabalho para promover a verdade e a reconciliação na Alemanha reunificada. Inclusive, pedi a ele o acesso a eventuais arquivos existentes na Alemanha que possam beneficiar os trabalhos da Comissão Nacional da Verdade.
Sua presença entre nós evidencia a excelência do relacionamento entre Alemanha e Brasil, expressa claramente que nossos laços transcendem governos e envolvem as duas sociedades de uma forma muito próxima. Essa proximidade se expressa no Encontro Econômico Brasil-Alemanha, em sua 31ª edição, o mais longevo dos encontros econômicos entre o Brasil e qualquer outra nação. Pois bem, nessa sua 31ª edição, ele mostra, esse encontro, o elevado grau de interação entre os empresários dos dois lados e a imensa contribuição ao desenvolvimento brasileiro, dado pelos empresários alemães e pelo povo alemão nas últimas décadas.
Reiterei ao presidente Gauck meu desejo de aprofundar a parceria estratégica que Alemanha e Brasil mantêm entre si, desde 2002. A Alemanha foi, em 2012, o 4º parceiro comercial, o 4º maior parceiro comercial do Brasil, e o maior parceiro do Brasil na União Europeia. O Brasil tornou-se recentemente o 5º maior investidor externo na Europa, com crescente presença na Alemanha. Em torno de 1,6 mil empresários estão no Brasil, em torno de 50 empresários alemães estão no Brasil, em torno de 50 empresários brasileiros estão hoje na Alemanha. Isso é algo a comemorar, principalmente no que se refere à participação, à novidade da participação de empresários brasileiros na Alemanha.
Nós precisamos continuar a aumentar os fluxos recíprocos de comércio e investimento entre nossos dois países. É importante também intensificar nosso intercâmbio comercial, ampliando a participação de bens de maior valor agregado na pauta de exportações brasileiras.
Estimular parceria entre as pequenas e médias empresas dos dois lados, fomentando investimentos, joint-ventures, parcerias societárias, é um dos vetores da cooperação bilateral pelos benefícios que os projetos conjuntos podem trazer aos nossos países, seja propriamente na área comercial, seja na área de pesquisa e desenvolvimento, seja em todos os setores do nosso relacionamento bilateral.
Eu disse ao presidente Gauck da importância que nós conferimos também às parcerias na área de ciência, tecnologia e inovação. Manifestei meu interesse na relação entre a Embrapii, a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial, e a Fraunhofer, e também a excelente acolhida que a Alemanha vem dando aos estudantes do Programa Ciência Sem Fronteiras.
Hoje, quase 2 mil brasileiros estão sendo acolhidos em universidades e centros de pesquisa alemães e se beneficiarão notavelmente dos avanços que existem na Alemanha na área de inovação, pesquisa tecnológica.
Estamos seguros de que ao regressar ao Brasil, esses estudantes darão sua contribuição para incorporar inovação nos processos produtivos de companhias aqui instaladas em benefício de toda a sociedade brasileira. Na esfera cultural, o principal evento neste ano é a participação do Brasil como convidado de honra na Feira do Livro, em Frankfurt, em outubro. Esperamos esse importante evento para projetar a cultura e a literatura brasileiras na sociedade alemã, e também no Brasil despertar o interesse por tudo o que diga respeito à cultura alemã.
Tratamos, ainda, de outros temas, que são temas que mostram a convergência entre as nossas sociedades, principalmente pelo fato de sermos sociedades democráticas e plurais. Em especial na questão do desenvolvimento sustentável coincidimos com a importância do multilateralismo na questão do desenvolvimento sustentável e da alta relevância tida pela Rio+20. Temos um desafio comum: colocar em prática os resultados alcançados. Assinalei a necessidade de sempre integrarmos as dimensões de crescimento econômico, inclusão social e proteção ambiental.
Quero finalizar prestando, de público, o agradecimento do governo brasileiro pela visita do presidente Gauck ao Brasil e por sua participação no encontro econômico e no lançamento da temporada da Alemanha no Brasil.
Os gestos de aproximação entre o Brasil e a Alemanha nos últimos tempos têm sido muitos. São gestos que demonstram a alta relevância de nosso relacionamento bilateral e a qualidade e a amplitude da parceria estratégica que queremos construir juntos.
Eu, pessoalmente, acertei com a chanceler Merkel a importância, de comum acordo entre nós, de fazer de forma mais estreita a nossa colaboração, e principalmente as reuniões de parte a parte. Isso significa uma redução do tempo que esperaremos por esses encontros.
Estamos prevendo o próximo encontro para o ano que vem e tenho certeza que, com essa presença agora do presidente Gauck aqui, com a ida do vice-presidente à Alemanha, com os vários encontros que eu tive com a chanceler Merkel, nós teremos, cada vez mais, essa parceria que envolve a sociedade brasileira e a sociedade alemã, as empresas brasileiras e as empresas alemãs, o governo brasileiro e o governo alemão.
Muito obrigada.

 

Ouça a íntegra (08min32s) da declaração à imprensa da Presidenta Dilma