Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Brinde do Presidente da República em exercício, Michel Temer, durante almoço oferecido ao Príncipe Haakon, da Noruega - Palácio Itamaraty

Brinde do Presidente da República em exercício, Michel Temer, durante almoço oferecido ao Príncipe Haakon, da Noruega - Palácio Itamaraty

por Portal Planalto publicado 16/11/2015 17h58, última modificação 16/11/2015 17h59

Palácio Itamaraty, 16 de novembro de 2015

 

Excelentíssimo senhor príncipe herdeiro Haakon, do Reino da Noruega,

Senhora embaixadora Aud Wiig, embaixadora do Reino da Noruega no Brasil,

Senhora Monica Mæland, ministra do Comércio e Indústria do Reino da Noruega, em nome de quem eu tomo a liberdade de cumprimentar todas as demais autoridades da delegação norueguesa.

Embaixador Sérgio França Danese, ministro de Estado interino das Relações Exteriores,

A senhora Maria Emília Jaber, ministra interina da Agricultura,

Embaixador Flávio Macieira, embaixador do Brasil no Reino da Noruega,

Senadores, deputados,

Senhoras e senhores.

 

Eu gostaria, mais uma vez, de expressar a minha satisfação em receber em Brasília o príncipe herdeiro Haakon e sua delegação. Essa visita confirma a sólida natureza de nossas relações bilaterais, e demonstra a amplitude e profundidade da parceria entre nossas sociedades. Parceria que tem se mostrado cada vez mais dinâmica, diversificada e mutuamente relevante.

A cooperação bilateral abrange, sabemos todos, hoje, áreas como energia, meio ambiente, educação, ciência, tecnologia, aquicultura e recursos da pesca, promoção da paz e dos direitos humanos. É de especial relevância nossa colaboração em temas de desenvolvimento sustentável.

A Noruega confirmou o seu apoio em primeira hora aos esforços brasileiros voltados à redução do desmatamento e se tornou o principal doador externo do Fundo da Amazônia. Por isso, eu quero aproveitar, mais uma vez, essa oportunidade para expressar nosso reconhecimento à Noruega pela colaboração que dá a esse fundo, e também por ter recebido 400 estudantes do nosso Programa Ciência sem Fronteiras. E esperamos que a participação do país na segunda fase do programa com ênfase, precisamente, no estudo de pós-graduação, seja ainda mais significativa e contribua para o aumento de projetos conjuntos de pesquisa e inovação em áreas de interesse comum.

Eu não poderia, senhoras e senhores, deixar de mencionar o importante papel desempenhado pelas companhias e instituições de pesquisa norueguesas e setores como o de petróleo e gás, e o de construção naval. O modelo de trabalho conjunto e com o tempo tomou a forma desses domínios de atividades poderá servir de esteio para a elaboração de estratégia de cooperação igualmente produtivas e outras dimensões de nosso relacionamento. Essa cooperação terá impactos econômicos positivos tangíveis nos estados e municípios que servem de base para essas indústrias, o que, naturalmente, levará ao fortalecimento da nossa federação.

Por isso que o Brasil avalia como prioritário o reforço e a multiplicação dos laços econômicos entre nossos países. A presença norueguesa também é expressiva em outros importantes segmentos da indústria nacional, como do alumínio e dos fertilizantes, crucial, aliás, para a sustentação dos níveis de produtividade da agricultura brasileira. Considero, assim, auspicioso que o príncipe herdeiro se faça acompanhar de numerosa delegação empresarial. É nossa expectativa que sua visita possa impulsionar os investimentos noruegueses no nosso País.

Acredito que a segunda etapa do Programa de Investimento em Logística seja exatamente o tipo de oportunidade que poderá elevar nossa parceria econômico-comercial a novo patamar e concretizar, assim, importantes potencialidades da nossa relação. É importante que o empresariado norueguês venha ao Brasil e conheça, de forma detalhada e abrangente, os projetos previstos nesse Programa de Investimento em Logística. Portanto, de fora a parte, as 150 empresas norueguesas que já se encontram no país, o nosso desejo é que em breve tempo mais 50, 60, 70 empresas possam também instalar-se no nosso país.

Eu não queria concluir, príncipe Haakon, sem fazer uma menção, com tristeza, aos fatos ocorridos em Paris, quando com muita selvageria se ceifaram vidas, que fazem com luto, praticamente o mundo todo, não é sem razão que aqui no Palácio do Planalto nós fizemos colocar cores da bandeira francesa para expressar o nosso sentimento de tristeza juntamente com o povo francês. Portanto, neste momento, para finalizar, eu gostaria também de aproveitar o nosso encontro, o senhor estará no Rio no dia de amanhã, mas para convidá-lo para vir ao Brasil em 2016 por ocasião dos Jogos Olímpicos.

 

 Ouça a íntegra(6min27s) do brinde do presidente em Exercício Michel Temer.