Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Brinde da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante almoço em homenagem à Presidenta da República da Coreia, Park Geun-hye - Brasília/DF

Brinde da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante almoço em homenagem à Presidenta da República da Coreia, Park Geun-hye - Brasília/DF

por Portal Planalto publicado 24/04/2015 16h25, última modificação 24/04/2015 16h25

Palácio Itamaraty, 24 de abril de 2015

 

 

Excelentíssima senhora Park Geun-hye, presidente da República da Coreia,

Ministro Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal,

Senhoras e senhores ministros de Estado e integrantes das delegações da Coreia, do Brasil.

Deputados federais Átila Lins, Carlos Zarattini, Claudio Cajado, Raimundo Gomes de Matos, William Woo.

Ministro presidente do Tribunal de Contas da União, Aroldo Cedraz,

Senhoras e senhores embaixadores,

Senhoras e senhores representantes dos setores empresarial e acadêmico da Coreia e do Brasil,

Senhoras e senhores jornalistas,

Senhoras e senhores fotógrafos e cinegrafistas.

 

Senhoras e senhores,

Com enorme satisfação, presidenta Park Geun-hye, recebo-a em sua primeira visita ao Brasil. Fico feliz por constatar que, tal como no Brasil, também na Coreia do Sul as mulheres vêm conquistando mais espaço na política.

Apesar da distância geográfica que nos separa, sentimos seu país muito próximo de nós. Mais de 50 mil coreanos e descendentes, a partir dos anos 60, fizeram do Brasil sua segunda pátria, contribuindo para o desenvolvimento e a diversidade cultural do nosso País, integram a nossa nação.

Nós, brasileiros, admiramos os avanços coreanos em educação, em tecnologia, em ciências e, sobretudo, admiramos a capacidade e a persistência Coreana. Eu, pessoalmente, constatei todos os avanços da Coreia, toda a eficiência da Coreia nas três oportunidades em que visitei seu país, senhora presidenta. O exemplo da Coreia é inspiração do imenso esforço que estamos implementando para que o Brasil seja uma verdadeira “Pátria Educadora”.

A tradição de educação coreana, educação universal e de qualidade, a tradição inovadora dos coreanos, que, aliás, remonta ao século XV porque seus estudiosos criaram o alfabeto hangul, e essa tradição se mantém até hoje. Eu fiquei extremamente surpreendida ao perceber que havia sido inventado um alfabeto simplificado, séculos atrás, e que isso contribuiu para universalização da educação. Seu país, senhora presidenta, é hoje uma referência mundial na produção conhecimento, na economia do conhecimento, na economia criativa que vocês muito bem dizem ao se referirem ao seu Ministério de Ciência e Tecnologia chamando ele de Ministério do Futuro. A Coreia foi o primeiro país asiático - e nós agradecemos por isso - a engajar-se no programa Ciência sem Fronteiras, que já atraiu centenas de estudantes para as universidades coreanas, como a Aline Park e Bruno Closs, ambos bolsistas do programa e que nos dão a alegria de sua presença nesse almoço.

Ontem nós comemoramos um ano da promulgação da Lei do Marco Civil da internet. E como comemoração realizamos em parceria com todos órgãos de governo; o Executivo, o Judiciário, o Tribunal Contas da União, realizamos o seminário “Brasil 100% Digital”. Esse seminário, ele trouxe representantes de vários países do mundo para que eles evidenciassem as melhores práticas e as melhores experiências na área de governo digital. E em especial nós reconhecemos a Coreia e a contribuição coreana para o governo digital para maior transparência, para maior capacidade daqueles que representam o interesse geral darem satisfação, darem melhor e mais eficiência para suas populações.

No caso do Ciência sem Fronteiras, eu queria agradecer os estágios oferecidos pelas empresas coreanas aos estudantes brasileiros que, além de formar profissionais qualificados, criam vínculos de longo prazo entre nossos cidadãos. Esses vínculos se fortalecerão ainda mais com o acordo cultural que assinamos hoje e que impulsionará atividades conjuntas nas áreas de cinema, literatura, designer, moda, artes visuais, que impulsionará toda nossa parceria na área de energia, que garantirá a nossa cooperação na área nuclear, que possibilitará que nós tenhamos acesso a essa experiência extraordinária dos centros de inovação e de economia criativa que a Coreia se propõe a realizar.

Registro também com satisfação nossa coincidência de posições a respeito da importância do multilateralismo, e da solução pacífica de controvérsias como pilares do sistema de governança internacional. No Brasil, acompanhamos com muita atenção os avanços da relação entre a Coreia Sul e a Coreia do Norte, apreciamos os esforços que sua iniciativa de reaproximação tem alcançado e esperamos que logo alcançar maiores passos no caminho traçado lá atrás por seu colega e Prêmio Nobel da Paz, Kim Dae-Jung.

Senhora presidenta,

Temos muitas razões para celebrar no dia de hoje, os investimentos coreanos no Brasil somam volumes expressivos e em setores importantes - o automotivo, o ferroviário, a siderurgia, os semicondutores - Nosso comércio bilateral aumentou, mas tem ainda todo um percurso a trilhar e pode aumentar ainda mais.

Desejo, contudo, finalizar destacando uma vez mais a dimensão humana que sustenta todas as nossas iniciativas, mais do que acordos, comércios, investimentos é a interação entre as nossas sociedades que vincula de forma permanente benéfica os nossos paises, o nosso contato humano que leva a nossa aproximação maior. No ano de 2014 recebemos expressivo número de turistas coreanos por ocasião da Copa do Mundo de futebol. Em 2016, senhora presidenta, o Brasil voltará a receber de braços abertos a senhora, todos os coreanos e coreanas que vierem prestigiar as Olimpíadas do Rio de Janeiro, se assim o desejarem. Os caminhos de nossa aproximação, dos últimos anos, certamente terão sido balizados por todas aquelas corajosas pessoas que o Brasil recebeu nos anos 60, e que nos ajudaram a construir este país. Com sua visita hoje, reitero, damos um passo importante para honrar essa contribuição.

Em seu retorno à Coreia, senhora presidenta, peço-lhe que seja portadora da fraterna saudação do povo e do governo do Brasil ao povo e a todo o governo coreanos. Por tudo isso, convido todos a erguer um brinde ao bem-estar de nossos povos, ao fortalecimento de nossas relações, e a saúde de minha colega e agora amiga presidenta Park Geun-hye.

 

Ouça a íntegra do brinde(09min50s) do brinde da Presidenta Dilma