Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Café com a Presidenta > Café com a Presidenta > Programa de rádio “Café com a Presidenta”, com a Presidenta da República, Dilma Rousseff

Programa de rádio “Café com a Presidenta”, com a Presidenta da República, Dilma Rousseff

por Portal do Planalto publicado 31/12/2012 08h31, última modificação 03/11/2014 17h28
No programa, a presidenta fala sobre o novo salário mínimo de R$ 678, e da isenção de IR para quem recebe até R$ 6 mil de participação nos lucros

Rádio Nacional, 31 de dezembro de 2012

 

Luciano Seixas: Olá, bom dia! Eu sou o Luciano Seixas e começa agora mais um Café com a Presidenta Dilma. Bom dia, presidenta!

Presidenta: Bom dia, Luciano! E bom dia para você que nos acompanha aqui no Café hoje!

Luciano Seixas: Presidenta, esse é o último Café de 2012, eu queria começar falando sobre duas ótimas notícias que os trabalhadores receberam na semana passada.

Presidenta: Ah, Luciano, é verdade. A primeira boa notícia é o reajuste do salário mínimo. A partir de amanhã, o valor do salário mínimo passa para R$ 678,00, com um reajuste de 9%, ou seja, acima da inflação. Isso significa, Luciano, que nós continuamos com a política de valorização do salário mínimo. Estamos aumentando, a cada ano, o poder de compra dos trabalhadores, dos aposentados e dos pensionistas do INSS. Além de justa, sabe, Luciano, essa política é importante para o crescimento da economia e ela acaba beneficiando a todos os brasileiros.

Luciano Seixas: E a outra boa notícia, presidenta?

Presidenta: A outra boa notícia, Luciano, é que vamos isentar a cobrança de Imposto de Renda para quem recebe até R$ 6 mil de participação nos lucros das empresas. Essa medida era uma reivindicação das centrais sindicais, e é um estímulo aos trabalhadores que conseguiram negociar com suas empresas a distribuição de parte do que elas lucraram ao longo do ano. Afinal, são os trabalhadores que ajudam as empresas a produzir a riqueza do nosso país.

Luciano Seixas: Presidenta, 2012 também teve outras boas notícias, não é mesmo?

Presidenta: Uma das nossas maiores conquistas, Luciano, foi o avanço na erradicação da miséria. Criamos o Brasil Carinhoso e tiramos mais 16,4 milhões de pessoas da extrema pobreza.

Luciano Seixas: Presidenta, 2012 também foi um ano bom na geração de empregos, não é? 

Presidenta: Ah, foi sim, Luciano. De janeiro a novembro deste ano, o Brasil criou 1,77 milhão de empregos com carteira assinada. Nos dois anos do meu governo, 2011 e 2012, nós criamos 4 milhões de empregos formais. E, mês a mês, o desemprego vem caindo para os níveis mais baixos da história no Brasil.

Luciano Seixas: Presidenta, e como ficou a questão dos juros?

Presidenta: Veja só, nós conseguimos baixar os juros e o país tem, hoje, taxas nunca antes vistas por aqui. Isso fez com que o crédito para o consumidor também ficasse mais barato.

Luciano Seixas: E a redução na conta de luz? 

Presidenta: Olha, Luciano, eu acredito que a redução na conta de luz é uma das coisas mais importantes. A partir de fevereiro, nós vamos reduzir o valor da conta de luz para as famílias e para as empresas. Você sabe, Luciano, o preço da nossa energia elétrica estava entre os mais altos do mundo. Agora, com a redução, nós melhoramos a vida das pessoas, e a nossa indústria, Luciano, vai ter melhores condições para produzir mais, porque vai ser mais competitiva no mercado internacional e vai aumentar também a sua produção no mercado nacional. 

Luciano Seixas: Mas para o Brasil crescer, presidenta, também é preciso investir em educação, não é? 

Presidenta: É verdade, Luciano. É preciso investir em educação, da creche ao pós-graduação. Neste ano, nós lançamos o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, que tem como objetivo assegurar que todas as crianças até os oito anos saibam ler, escrever, interpretar um texto simples e fazer as primeiras operações aritméticas. Nós também ampliamos o programa de educação em tempo integral, que oferece aos alunos ensino em dois turnos, em 32 mil escolas públicas do país. Outra notícia importante na área de educação este ano é que avançamos muito com o Pronatec, o Programa Nacional de Ensino Técnico e Emprego. Esse programa é feito em parceria com o Sistema S e já beneficiou 2,5 milhões de jovens e trabalhadores. 

Luciano Seixas: E as creches, presidenta?

Presidenta: O nosso objetivo, Luciano, é contratar 6 mil creches e pré-escolas até 2014. Até agora, o MEC contratou 3.121 creches e pré-escolas com vários municípios por todo o Brasil. Dessas três mil e poucas creches, 1.288 já estão em obras. Sabe por que isso é importante, Luciano? Porque as creches, elas garantem oportunidade de desenvolvimento para as nossas crianças que estão em situação de maior fragilidade. 

Luciano Seixas: E o ensino superior, presidenta?

Presidenta: Nesses dois anos de governo, Luciano, nós criamos 35 mil novas vagas nas universidades federais. E nos Institutos Federais de Educação Tecnológica, Luciano, nós criamos 150 mil novas matrículas. Tem uma outra coisa que eu não poderia deixar de falar. É o Ciência sem Fronteiras, o programa do meu governo que já levou 21.500 jovens para as melhores universidades do mundo. 

Luciano Seixas: Presidenta, o nosso tempo hoje chegou ao fim. Mas antes eu queria agradecer a senhora pela companhia tão agradável neste ano.

Presidenta: Luciano, eu é que agradeço a você e a todos os nossos ouvintes. Eu quero dizer que é uma honra enorme ser a presidenta desse país que tem um povo tão batalhador, tão maravilhoso. Desejo a todos um Ano Novo de muita prosperidade e de muita alegria. Feliz 2013.

Luciano Seixas: Presidenta, nós todos agradecemos. E você que nos ouve pode acessar o Café com a Presidenta na internet. O endereço é www.cafe.ebc.com.br. Até o ano que vem!

Confira a íntegra da entrevista (06min18s) da Presidenta Dilma.