Agenda bilateral

por Portal do Planalto publicado 30/11/2012 00h00, última modificação 07/07/2014 12h25

Visita da Presidenta da República ao Reino Unido e visita ao Brasil do Primeiro- Ministro britânico
Em julho, a Presidenta da República assistiu à cerimônia de abertura da XXX edição dos Jogos Olímpicos, em Londres, e reuniu-se com o Primeiro- Ministro do Reino Unido. A cooperação entre Brasil e Reino Unido na área de esportes é estratégica para a preparação dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016. Além da agenda relacionada à cooperação esportiva, foram tratados temas de comércio e investimentos, educação, ciência, tecnologia e inovação, energia e infraestrutura.

Nos dias 27 e 28 de setembro o Primeiro-Ministro do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte realizou visita ao Brasil, acompanhado por delegação empresarial, ocasião em que foi analisada e reafirmada a parceria estratégica entre os países em diversas áreas. Destaque para a celebração dos Acordos de Coprodução Cinematográfica e para o Intercâmbio de informações relativas a Tributos, bem como do Memorando de Entendimento sobre cooperação em matéria dos legados econômico, social, ambiental e material das Olimpíadas.

Visita do Presidente do Uruguai
A Presidenta da República recebeu o Presidente da República Oriental do Uruguai no dia 31 de julho de 2012, em Brasília. Na ocasião, os Presidentes determinaram a criação de um “Grupo de Alto Nível Brasil-Uruguai (GAN)”, encarregado de consolidar um “Plano de Ação para o Desenvolvimento Sustentável e a Integração Brasil-Uruguai” (Plano de Ação), englobando as áreas prioritárias para o aprofundamento da integração bilateral, em particular da integração produtiva; ciência, tecnologia e inovação; comunicação e informação; integração da infraestrutura de transportes; livre circulação de bens e serviços; e livre circulação de pessoas.

Visita dos Presidentes eleitos da República Dominicana e do México
O Presidente eleito da República Dominicana, Danilo Medina, reuniu-se em Brasília com a Presidenta da República no dia 9 de julho. O Presidente do México, Henrique Peña Nieto, encontrou-se com a Presidenta no dia 20 de setembro, também em Brasília.

Ambas as visitas de cortesia tiveram por objetivo estabelecer os primeiros contatos pessoais com a Chefe de Estado e outras autoridades brasileiras. O aprofundamento do diálogo e da cooperação no plano bilateral e regional foram os principais pontos tratados durante as referidas visitas.

Visita do Presidente da Irlanda
O Presidente da Irlanda, Michael D. Higgins, realizou visita a Brasília, em 9 de outubro, quando foi recebido pela Presidenta da República. Os governantes examinaram as perspectivas para o incremento do relacionamento comercial, bem como para a intensificação da cooperação educacional entre os dois países, no âmbito do programa “Ciência sem Fronteiras”.

Cooperação com Moçambique
Em visita a Moçambique (de 17 a 21 de julho), por ocasião da IX Conferência da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (20/7), o Vice-Presidente da República teve reuniões bilaterais com o presidente de Moçambique, Armando Guebuza, e com o primeiro-ministro, Aires Ali. Trataram do aprofundamento das relações entre Brasil e Moçambique e projetos de cooperação, como o desenvolvimento da agropecuária no país africano com o auxílio técnico da Embrapa. Na cidade de Matola, o vice- -presidente iniciou as operações da fábrica de antirretrovirais, que é resultado da cooperação entre os governos dos dois países.

Atuação humanitária

Doação para o Programa Mundial de Alimentos da ONU
Em visita a Londres, por ocasião do encerramento dos Jogos Olímpicos (11/8 a 13/8), o Vice-Presidente da República participou da reunião da Aliança Global para Melhor Nutrição (GAIN), ao lado do primeiro-ministro britânico, e anunciou a doação de US$ 120 milhões em alimentos para o Programa Mundial de Alimentos da ONU.

Doação ao UNICEF
Em julho, o Brasil anunciou a doação de um milhão e duzentos mil dólares a projetos desenvolvidos pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Os recursos brasileiros financiarão projetos de cooperação humanitária em onze países e atividades de redução de riscos de desastres na América Latina e no Caribe.

Doação ao ACNUR
Em agosto, no contexto dos esforços brasileiros para minimizar os efeitos humanitários da crise na Síria, o Governo brasileiro realizou contribuição de US$ 120 mil ao Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), em apoio aos refugiados sírios no Líbano.

registrado em: