Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Brasil em Pauta > Brasil em Pauta > Medidas de combate aos efeitos da estiagem são destaque do Brasil em Pauta deste mês

Medidas de combate aos efeitos da estiagem são destaque do Brasil em Pauta deste mês

por Portal do Planalto publicado 13/05/2013 13h59, última modificação 27/10/2013 17h29
O programa Brasil em Pauta deste mês, que vai ao ar nesta terça-feira (14/5), entrevista o secretário nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração, Humberto Viana, e o diretor de Operações e Abastecimento da Conab, Marcelo Melo.

 

O programa Brasil em Pauta deste mês, que vai ao ar nesta terça-feira (14/5), entrevista o secretário nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração, Humberto Viana, e o diretor de Operações e Abastecimento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Marcelo Melo. O tema central do programa serão as medidas do governo federal para o enfrentamento da estiagem que castiga os estados do Nordeste, além da região setentrional de Minas Gerais. A entrevista é produzida e coordenada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, e transmitida ao vivo pela NBR TV e via satélite, das 8h às 9h.

Operação Carro-pipa: No dia 2 de maio, o governo autorizou um incremento de R$ 202,5 milhões para contratar 30% a mais de carros-pipa, totalizando 6.170 veículos no Brasil. O recurso já está à disposição dos municípios.

Água para Todos: A ampliação do número de cisternas já está em vigor. De 2011 até hoje, foram entregues 295.901 cisternas no Nordeste pelo Programa Água para Todos. A meta é construir 750 mil até 2014.O investimento total nas ações do programa já soma de R$ 1,4 bilhão.

Oferta de Milho: Para amenizar os efeitos da seca sobre a produção do Nordeste, em maio  de 2012 o governo deu início à chamada Operação Especial do programa Venda em Balcão, com oferta de milho a preços subsidiados para pequenos e médios agricultores do Nordeste. O preço do disparou por conta da quebra de safra nos Estados Unidos, passando de R$ 50 a saca de 60Kg . A Conab passou a vender direto para o produtor 
com preços entre R$ 18 e R$ 24

Bolsa Estiagem: Mais de 880 mil pessoas já receberam o auxílio, em 1.316 municípios, com a transferência de R$ 595 milhões.

Seguro Garantia-Safra: Nos anos agrícolas de 2011/2012/2013, o Programa Garantia- Safra pagou R$ 953,5 milhões a 769 mil agricultores de 1.015 municípios. O benefício é destinado a agricultores que fizeram seguro ao contrair empréstimo do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e tiveram prejuízo com a estiagem.

Socorro e Assistência: O Ministério da Integração Nacional transferiu aos estados (empenhados e pagos) R$ 180,5 milhões para ações de socorro/assistência às vítimas da estiagem e reestabelecimento de serviços essenciais.

Perfuração e recuperação de poços: O governo está investindo R$ 13.42 milhões, dos quais R$ 3.35 já foram repassados para a recuperação de 346 poços que atendem 26.842 famílias.

Linha de Crédito: Por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), o governo fez um aporte adicional de R$ 350 milhões de recursos para as linhas de crédito emergenciais. Com isso, o total de recursos chega a R$ 2,75 bilhões.

Maquinário: Por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), o governo está entregando uma retroescavadeira; uma motoniveladora; um caminhão-caçamba; um caminhão-pipa e uma pá-carregadeira para 1.415 municípios afetados. No total serão investidos R$ 2,1 bilhões.

Força Nacional: A Força Nacional de Emergência contra a Seca já está trabalhando nos estados afetados pela estiagem há mais de 10 meses. Observatório: O governo federal criou o Observatório da Seca - http://www.brasil.gov.br/observatoriodaseca/index.html.

PAC prevenção: Lançado pelo governo Federal em agosto de 2012, o PAC Prevenção soma recursos de R$ 3 bilhões, sendo R$ 1,8 bilhão para seca e R$ 1,2 bilhão para prevenção de enchentes. Estão previstas mais de 130 obras em nove estados.

O programa será transmitido ao vivo pela TV NBR e pode ser acompanhado por meio do link no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República http://www.planalto.gov.br.

Participam do programa, ao vivo, as rádios: Nordeste Evangélica (Natal/RN); Universitária (Recife/PE); 96 FM (Arapiraca/Al); Itatiaia(Montes Claros/MG); Povo (Jequié/BA); Comunitária Timon (Timon/MA); Príncipe Imperial (Crateús-CE); Campina (Campina Grande/PB); Pioneira (Teresina/PI); Difusora (Maceió/AL);Dom Bosco( Fortaleza/CE);Timbira (São Luis/MA);Jornal 1080 (Caruaru/PE); Difusora 1020 Am (Colatina/ES); Jornal AM  (Aracaju/ SE).

Para as rádios, o sinal de transmissão é disponibilizado pelo mesmo canal da "Voz do Brasil". Após o programa, o áudio da entrevista estará disponível no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

 

Mais informações
Secretaria de Imprensa
Tel: (61) 3411-1370

 

Ouça a íntegra da entrevista (55min06s) de Humberto Viana e Marcelo Melo