Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Brasil em Pauta > Brasil em Pauta > Brasil em Pauta fala sobre políticas públicas de incentivo ao esporte de alto rendimento

Brasil em Pauta fala sobre políticas públicas de incentivo ao esporte de alto rendimento

por Portal Planalto publicado 03/08/2015 20h31, última modificação 03/08/2015 20h33
O governo brasileiro mantém, desde 2005, o maior programa de patrocínio individual de atletas no planeta.

O secretário-executivo do Ministério do Esporte, Ricardo Leyser, é o convidado do programa Brasil em Pauta desta terça-feira, 4 de agosto, das 8h às 8h30. Na pauta, as políticas públicas de incentivo ao esporte de alto rendimento, como o Bolsa Atleta, considerado o maior do gênero no mundo. O programa, que tem a participação de radialistas de todo país, é produzido e coordenado pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República e será transmitido, ao vivo, pela TV NBR e via satélite de rádio por meio do mesmo canal de A Voz do Brasil.

O governo brasileiro mantém, desde 2005, o maior programa de patrocínio individual de atletas no planeta. O público beneficiário do Bolsa Atleta são atletas de alto rendimento que obtêm bons resultados em competições nacionais e internacionais de sua modalidade. O programa garante condições mínimas para que se dediquem, com exclusividade e tranquilidade, ao treinamento e competições locais, sul-americanas, pan-americanas, mundiais, olímpicas e paraolímpicas. Desde 2012, com a Lei 12.395/11, é permitido que o candidato tenha outros patrocínios, o que permite que atletas consagrados possam ter a bolsa e, assim, contar com mais uma fonte de recurso para suas atividades.

Atualmente, são seis as categorias de bolsa oferecidas pelo Ministério do Esporte: Atleta de Base, Estudantil, Nacional, Internacional, Olímpico/Paraolímpico e Pódio. Os beneficiados pelo Bolsa Atleta recebem a ajuda durante um ano. O dinheiro é depositado em conta específica do atleta na Caixa Econômica Federal. A prioridade é para atletas de esportes que compõem os programas dos Jogos Olímpicos e dos Jogos Paraolímpicos. Em seguida, o benefício se destina a atletas de modalidades chamadas não-olímpicas (que compõem o programa dos Jogos Pan-Americanos e outras que não fazem parte dessas competições).

 

PLANO BRASIL MEDALHAS

O Plano Brasil Medalhas 2016, lançado em setembro de 2012, tem como objetivo colocar o Brasil entre os 10 primeiros países nos Jogos Olímpicos e entre os cinco primeiros nos Jogos Paraolímpicos do Rio de Janeiro. Além disso, se destina a formar novas gerações de atletas das modalidades e estruturar centros de treinamentos que atendam desde as equipes principais do alto rendimento até as categorias de base.

Além do financiamento já existente ao esporte de alto rendimento, o Plano Brasil Medalhas assegurou R$ 1 bilhão adicional aos esportes olímpicos e paraolímpicos em sua preparação para o Rio 2016. Parte desse montante se destina a apoiar as seleções, por diversas ações, entre elas a Bolsa Pódio, contratação de técnicos e equipes multidisciplinares, compra de equipamentos e materiais e viagens para treinamentos e competições. Os recursos também estão sendo utilizados em construção, reforma e equipagem de centros de treinamento de várias modalidades e complexos multiesportivos.

Essa infraestrutura se destina a preparar as seleções nacionais das modalidades e principalmente a formar novos talentos.

 

Participam do programa, ao vivo, as seguintes rádios: Alternativa FM (Várzea Grande/MT), Rio de Janeiro 1400 AM (Rio de Janeiro/RJ), Rádio Clube (Belém/PA), Vale do Rio Grande AM (Barreiras/BA), Rádio 79 AM (Ribeirão Preto/SP), São Francisco AM (Caxias do Sul/RS), Rádio Clube de Blumenau AM (Blumenau/SC) e Emboabas (São João Del Rei/MG).

 

O programa é transmitido ao vivo pela TV NBR. Para as rádios, o sinal de transmissão é disponibilizado pelo mesmo canal da "Voz do Brasil". Após o programa, o áudio da entrevista estará disponível no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

 

 

Mais informações

Secretaria de Imprensa

Tel: (61) 3411-1370