Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Bom Dia Ministro > Bom Dia Ministro > Plano Safra da Pesca e Aquicultura é tema do Bom Dia Ministro desta semana

Plano Safra da Pesca e Aquicultura é tema do Bom Dia Ministro desta semana

por Portal do Planalto publicado 25/10/2012 13h05, última modificação 04/07/2014 15h04
O Plano Safra da Pesca e Aquicultura tem como objetivo expandir a aquicultura no país e ampliar as exportações

 

O Bom Dia Ministro desta sexta-feira (26) entrevista o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella. No programa, o ministro falará sobre o Plano Safra da Pesca e Aquicultura, que tem como objetivo expandir a aquicultura no país e ampliar as exportações. A entrevista é produzida e coordenada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, e transmitida ao vivo pela NBR TV e via satélite, das 8h às 9h.

O Plano Safra da Pesca e Aquicultura destina R$ 4,1 bilhões para a expansão da aquicultura, a modernização da pesca e o fortalecimento da indústria e do comércio pesqueiro, será um divisor de águas para que o Brasil se torne um grande produtor de pescado, de forma a atender à demanda interna e ampliar as exportações. A meta é produzir 2 milhões de toneladas anuais até 2014.

O público-alvo do plano serão aquicultores familiares e comerciais, pescadores artesanais, armadores de pesca, agricultores familiares e indústrias do setor. Linhas especiais de crédito serão concedidas a pescadores e aquicultores familiares, mulheres pescadores e aquicultoras, marisqueiras e jovens empreendedores, cooperativas e associações. A ideia é gerar renda e emprego para milhares de brasileiros e ofertar um alimento saudável à população.

Além de crédito com juros mais baixos, prazos de carência maiores e ampliação dos limites, o plano desonera a cadeia produtiva, garante assistência técnica, fortalece o cooperativismo, disponibiliza equipamentos, renova embarcações, moderniza a indústria e a comercialização, e investe em ciência, tecnologia e inovação. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) também lançará, junto com o Plano Safra, uma linha de crédito especial com as melhores condições para o desenvolvimento do setor.

As medidas levam em conta que até 2015 o consumo brasileiro de pescado passará dos atuais 9 kg para 13,8 kg por habitante/ano. Já o mercado mundial demandará pelo menos 100 milhões de toneladas adicionais de pescado até 2030, conforme prevê a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Esta conjuntura é favorável ao Brasil, que tem elevado potencial para a produção de pescado no continente e no mar.

Entre os objetivos do Plano Safra da Pesca e Aquicultura estão o resgate de 100 mil famílias que estão na linha da pobreza; a assistência técnica e extensão rural a 120 mil famílias de pescadores e aquicultores; a escavação de 60 mil tanques que produzirão 78.750 toneladas de pescado ao ano; a criação do Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento de Novas Tecnologias MPA/ MAPA-Embrapa Pesca e Aquicultura; a promoção de 75 projetos de P,D & I; e a reestruturação de nove unidades de produção de formas jovens e alevinos. Os recursos do plano serão provenientes do Crédito Rural: Pronaf, Prodecoop, Pronamp, Procap-Agro e Moderagro.

Participam do programa, ao vivo, as rádios: América (Belo Horizonte/MG); Cultura AM 1110 (Florianópolis/SC); Amazonas FM (Manaus/AM); Celinauta AM (Pato Branco/PR); São Francisco 670 AM (Anápolis/GO); Timbira AM (São Luís/MA); Escola 101 100,9 FM (São João do Meriti/RJ); Nacional AM (Brasília/DF); Jangadeiro FM (Fortaleza/CE); Difusora (Mossoró/RN); Super Rádio Tupi (São Paulo/SP); Vale do Taquari (Coxim/MS); Liberal CBN (Belém/PA); 88 FM (Porto Seguro/BA); e Difusora Acreana AM (Rio Branco/AC).

O programa é transmitido ao vivo pela TV NBR e pode ser acompanhado por meio do link no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República. Para as rádios, o sinal de transmissão é disponibilizado pelo mesmo canal da "Voz do Brasil". Após o programa, o áudio da entrevista estará disponível no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

 

Mais informações
Secretaria de Imprensa
(61) 3411-1370

 

Ouça a íntegra da entrevista (57min46s) do ministro Marcelo Crivella