Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Bom Dia Ministro > Bom Dia Ministro > No Bom Dia Ministro, Padilha fala sobre combate ao tabagismo, remédios gratuitos contra doenças crônicas e recursos para Unidades Básicas de Saúde

No Bom Dia Ministro, Padilha fala sobre combate ao tabagismo, remédios gratuitos contra doenças crônicas e recursos para Unidades Básicas de Saúde

por Portal do Planalto publicado 24/08/2011 11h53, última modificação 04/07/2014 14h52
No Bom Dia Ministro, Padilha fala sobre combate ao tabagismo, remédios gratuitos contra doenças crônicas e recursos para Unidades Básicas de Saúde


O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, é o entrevistado do programa Bom Dia Ministro desta quinta-feira (25/8). Na pauta do programa, a ampliação do acesso ao tratamento das doenças crônicas não-transmissíveis (DCNT) – que concentram 72% dos óbitos no país –, a elevação da carga tributária do cigarro e a destinação de recursos financeiros para Unidades Básicas de Saúde. A entrevista é produzida e coordenada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, e transmitida ao vivo pela TV NBR e via satélite, das 8h às 9h.

No rol das medidas já adotadas pelo Ministério da Saúde para reduzir em 2% ao ano a taxa de mortalidade prematura causada por doenças crônicas não transmissíveis, está a oferta gratuita de medicamentos para hipertensão e diabetes nas farmácias populares, estabelecida desde fevereiro com o Saúde Não Tem Preço. De lá para cá, 4,8 milhões de brasileiros foram beneficiados, retirando gratuitamente os medicamentos em mais de 17.500 farmácias populares. São ofertados, gratuitamente, 11 medicamentos. O Saúde Não Tem Preço ampliou em 194% a oferta de tratamento para ambas as doenças.

Tabagismo – O hábito de fumar é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de doenças crônicas, como o câncer e as enfermidades respiratórias. Por isso, medidas como o aumento na tributação sobre o cigarro fazem parte da proposta do Plano de Ações para Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis. Esta é uma resposta brasileira no enfrentamento a um problema mundial, que estará em debate na Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), no mês de setembro, em Nova Iorque/EUA.

No Brasil, a participação do tabagismo na mortalidade por doenças respiratórias crônicas está acima da média mundial. Oito em cada dez homens que morrem por esses males são tabagistas. Entre as mulheres, são seis óbitos a cada dez. A média mundial é de cinco em cada dez óbitos entre os homens e dois em cada dez entre as mulheres. Além disso, um milhão de fumantes brasileiros, de ambos os sexos, jovens e idosos, convivem com alguma doença respiratória crônica associada ao ato de fumar.

A MP 540, publicada no início do mês, apresenta um novo modelo de tributação de cigarros no Brasil, a partir de dezembro. Para o Ministério da Saúde, a medida representa um avanço no combate ao tabagismo.

Trabalhadoras rurais – O Ministério da Saúde ampliou a assistência na atenção básica com a liberação de R$ 3 milhões para a construção de 17 Unidades Básicas de Saúde (UBS) em sete estados. Os estados beneficiados são Bahia, Goiás, Mato Grosso, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

O governo federal vai investir, ainda, na instalação de 16 Unidades Básicas de Saúde (UBS) Fluviais e de mais dez Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST). Estas estruturas serão direcionadas à ampliação do atendimento às trabalhadoras rurais no Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo é aumentar a assistência às comunidades que vivem em locais mais afastados, principalmente nas regiões ribeirinhas e na Amazônia Legal.

Participam do programa “Bom Dia, Ministro”, ao vivo, as rádios MEC 800 AM (Rio de Janeiro/RJ), Estadão ESPN (São Paulo/SP), O Povo/CBN (Fortaleza/CE), BandNews FM (Brasília/DF), 730 AM (Goiânia/GO), Inconfidência (Belo Horizonte/MG), Gaúcha (Porto Alegre/RS), Tribuna 590 AM (Vitória/ES), Guarujá (Florianópolis/SC), Difusora FM (Manaus/AM), Rural de Santarém (Santarém/PA), Clube Rondonópolis 930 AM (Rondonópolis/MT), Juazeiro 1190 AM (Juazeiro/BA), Olinda AM (Olinda/PE), Difusora de Macapá (Macapá/AP).

O programa é transmitido ao vivo pela TV NBR e pode ser acompanhado por meio do link no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República. Para as rádios, o sinal de transmissão é disponibilizado pelo mesmo canal da "Voz do Brasil". Após o programa, o áudio da entrevista estará disponível no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

 

Mais Informações
Secretaria de Imprensa (61) 3411-1370
Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

 

Ouça a íntegra da entrevista (59min25s) do ministro Alexandre Padilha no programa Bom Dia Ministro.