Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Bom Dia Ministro > Bom Dia Ministro > No Bom Dia Ministro, Mendes Ribeiro fala sobre o recorde no valor da produção agrícola em 2011 e a campanha contra febre aftosa

No Bom Dia Ministro, Mendes Ribeiro fala sobre o recorde no valor da produção agrícola em 2011 e a campanha contra febre aftosa

por Portal do Planalto publicado 14/12/2011 12h22, última modificação 04/07/2014 15h16
Termina nesta quinta-feira (15), a segunda etapa da campanha nacional de vacinação contra a aftosa. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento trabalhou para vacinar cerca de 160 milhões de bovinos e bubalinos ao longo dessa fase

 

O Bom Dia Ministro desta quinta-feira (15/12) entrevista o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro. No programa, o ministro falará sobre a segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa. Além disso, falará sobre o recorde no Valor Bruto da Produção (VBP), de R$ 205,8 bilhões em 2011, e sobre o Plano de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono. A entrevista é produzida e coordenada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, e transmitida ao vivo pela NBR TV e via satélite, das 8h às 9h.

Termina nesta quinta-feira (15), a segunda etapa da campanha nacional de vacinação contra a aftosa. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) trabalhou para vacinar cerca de 160 milhões de bovinos e bubalinos ao longo dessa fase. A meta anual é proteger todo o rebanho da zona livre de febre aftosa com vacinação - 205,6 milhões de animais - e superar o índice de cobertura vacinal alcançado em 2010, que foi de 97,4%. A exceção é o Estado de Santa Catarina, que constitui uma zona livre da doença sem uso da vacinação.

O Brasil quer intensificar as ações de controle em todo o país para ser um território livre de aftosa até 2013. A campanha é uma das ações do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção contra a Febre Aftosa que integra governos estaduais, representados pelas secretarias estaduais de agricultura e instituições vinculadas, na execução do PNEFA no âmbito estadual.

Baixa Emissão de Carbono – O Plano Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (ABC) reflete o esforço do governo federal para atender aos compromissos voluntários assumidos na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 15), de redução significativa das emissões de gases de efeito estufa gerados pela agropecuária. Lançado em julho de 2010, o programa pretende evitar a emissão de 165 milhões de toneladas equivalentes de CO2 nos próximos dez anos, por meio de seis práticas agrícolas sustentáveis: plantio direto na palha, integração lavoura-pecuária-floresta, recuperação de pastos degradados, plantio de florestas, fixação biológica de nitrogênio e tratamento de resíduos animais.

O Programa vai incorporar todas as ações que incentivam a produção de alimentos com preservação ambiental. No total, os projetos de investimento voltados a atividades agropecuárias que permitem a mitigação da emissão de gases de efeito estufa já têm disponibilizados R$ 3,15 bilhões para o ano de 2011 que poderão ser contratados com condições mais facilitadas, como taxa de juros de 5,5% ao ano, carência de até oito anos e prazo para pagamento de 15 anos.

Produção Agrícola - O Valor Bruto da Produção, que corresponde ao faturamento agrícola obtido nas 20 principais lavouras, atingiu o recorde de R$ 205,8 bilhões em 2011. É o maior valor registrado desde 1997. Com o ano praticamente encerrado, o número é 11,7 % maior em relação a 2010. Os produtos que mais colaboraram para obter esse resultado foram o algodão, com aumento real do valor de 124,7%, café (36,4%), laranja (10,5%), milho (30,7%), tomate (12,1%) e uva (41,17%).

Os dados regionais de 2011 destacam a liderança do valor da produção no Sudeste, Sul e Centro-Oeste. Essas três regiões representam quase 80% do valor gerado em 2011. Os números obtidos neste ano são recorde também para o Nordeste, Sudeste, Sul e Centro-Oeste do país. Os maiores aumentos observados no valor da produção ocorreram em Mato Grosso e no Ceará.

A produção nacional de grãos para a safra 2011/12 deve chegar a 159,079 milhões de toneladas, com uma redução de 2,4% em relação as 162,958 milhões de toneladas  colhidas na última safra. A previsão está do terceiro levantamento realizado pela Conab anunciado em dezembro. A área plantada deve ficar em torno de 50,447 milhões de hectares, 528,2 mil hectares a mais que na safra anterior, o que representa um crescimento de 1,1%. O aumento está relacionado ao milho Primeira Safra e à soja, com crescimento de 10,8% e 0,7%, respectivamente.

Participam do programa as rádios: Jovem Pan AM (São Paulo/SP); Sete Colinas AM (Uberaba/MG); Excelsior AM (Salvador/BA); Pioneira AM (Teresina /PI); Tocantins AM (Porto Nacional/TO); Educadora (São Luís/MA); Cultura 1110 AM (Florianópolis/SC); Boas Novas 580 AM (Recife/PE); Gazeta AM (Cuiabá/MT); Grande FM (Dourados/MS); Massa FM (Curitiba/PR); Jangadeiro FM (Fortaleza/CE); Rural de Santarém AM (Santarém/PA); Camaquense 1060 AM (Camaquã/RS); Universidade AM (Porto Alegre/RS).

O Programa Bom Dia Ministro é transmitido ao vivo pela NBr TV e pode ser acompanhado por meio do link no portal da Presidência da República. Para as rádios, o sinal de transmissão é disponibilizado pelo mesmo canal da "Voz do Brasil". Após o programa, o áudio da entrevista estará disponível no portal da Presidência da República.

 

Mais informações:
Departamento de Relacionamento com a Mídia Regional
Secretaria de Imprensa
Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República Tel: (61) 3411-1370 / 1601

 

Ouça a íntegra da entrevista (39min07s) do ministro Mendes Ribeiro no programa Bom Dia Ministro

Assunto(s): Governo federal