Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Bom Dia Ministro > Bom Dia Ministro > No Bom Dia Ministro, Gilberto Carvalho fala do Programa Terra Forte e do Plano de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra

No Bom Dia Ministro, Gilberto Carvalho fala do Programa Terra Forte e do Plano de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra

por Portal do Planalto publicado 07/02/2013 17h09, última modificação 04/07/2014 15h32
O Terra Forte é fruto de um grupo de trabalho interministerial coordenado pela Secretaria-Geral da Presidência da República em diálogo com os movimentos sociais

 

O Bom Dia Ministro desta sexta-feira (8) entrevista o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho. No programa, o ministro falará sobre o Programa Terra Forte, que vai investir R$ 600 milhões em projetos de agroindústria para assentamentos da reforma agrária, e sobre o Plano de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra, o Juventude Viva. A entrevista é produzida e coordenada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, e transmitida ao vivo pela NBR TV e via satélite, das 8h às 9h.

 

Programa Terra Forte – A presidenta Dilma Rousseff lançou na última segunda-feira (4), em Arapongas (PR), o Programa Terra Forte, que vai investir R$ 600 milhões em projetos de agroindústria para assentamentos da reforma agrária. O Programa conta com recursos de R$ 300 milhões, sendo R$ 150 milhões do fundo social do BNDES, R$ 20 milhões da Fundação Banco do Brasil e R$ 130 milhões dos demais parceiros – Ministério do Desenvolvimento Agrário, Ministério do Desenvolvimento Social, Incra e Conab. Além disso, o Banco do Brasil disponibilizará R$ 300 milhões em crédito para as cooperativas investirem em agroindústrias, totalizando R$ 600 milhões em recursos.

O Terra Forte é fruto de um grupo de trabalho interministerial coordenado pela Secretaria-Geral da Presidência da República em diálogo com os movimentos sociais. O programa tem por objetivo apoiar e promover a agroindustrialização de assentamentos da reforma agrária em todo o país. São beneficiários famílias de trabalhadores rurais em projetos de assentamento criados ou reconhecidos pelo Incra. A expectativa é atender 200 cooperativas e associações com o valor médio de R$ 1,5 milhão por cooperativa nos próximos cinco anos.

O piloto do Programa teve início em 2009, quando dez cooperativas da reforma agrária, a maioria de assentados do MST, apresentaram ao BNDES a proposta de agroindustrialização. Naquele ano, foi formalizado protocolo de intenções entre a EMATER/PR e as cooperativas, visando a elaboração, execução e prestação de contas dos projetos. Até 2011, cinco cooperativas foram beneficiadas – em Santa Catarina e Paraná – com recursos de R$ 16 milhões, o que beneficiou cerca de 3,2 mil famílias diretamente envolvidas. Esta experiência deu início ao Programa Terra Forte.

Juventude Viva – Os homicídios são hoje a principal causa de morte de jovens de 15 a 29 anos no Brasil e atingem especialmente jovens negros do sexo masculino, moradores das periferias e áreas metropolitanas dos centros urbanos. Dados do Ministério da Saúde mostram que mais da metade (53,3%) dos 49.932 mortos por homicídios em 2010 no Brasil eram jovens, dos quais 76,6% negros (pretos e pardos) e 91,3% do sexo masculino. Em resposta a esse desafio, o Governo Federal lançou o Plano de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra, o Juventude Viva, que vai priorizar 132 municípios brasileiros que possuem os mais elevados índices de homicídios de jovens.

Sob a coordenação da Secretaria-Geral da Presidência da República, por meio da Secretaria Nacional de Juventude, e da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, o Plano Juventude Viva é fruto de uma intensa articulação interministerial para enfrentar a violência contra a juventude brasileira, especialmente os jovens negros, principais vítimas de homicídio no Brasil.

As ações foram implementadas inicialmente no estado de Alagoas, nas cidades de Maceió, Arapiraca, Marechal Deodoro e União dos Palmares.  Em 2013, o Plano será estendido a outros estados, incluindo Distrito Federal, São Paulo, Bahia, Espírito Santo e Pará.

O Plano prevê ações voltadas à juventude nas áreas do trabalho, educação, saúde, acesso à justiça, cultura e esporte, em parceria com o estados e municípios. Desse modo, o Plano Juventude Viva oferecerá um pacote de políticas sociais para o enfrentamento à violência, destacando-se como uma oportunidade histórica para enfrentar a violência, problematizando a sua banalização e a necessidade de promoção dos direitos da juventude.

O programa é transmitido ao vivo pela TV NBR e pode ser acompanhado por meio do link no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República. Para as rádios, o sinal de transmissão é disponibilizado pelo mesmo canal da "Voz do Brasil". Após o programa, o áudio da entrevista estará disponível no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

 

Mais informações
Secretaria de Imprensa
(61) 3411-1370

 

Ouça a íntegra da entrevista (53min21s) do ministro Gilberto Carvalho

Assunto(s): Governo federal