Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Bom Dia Ministro > Bom Dia Ministro > No Bom Dia Ministro, Antônio Andrade, ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento fala sobre o Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2013/14

No Bom Dia Ministro, Antônio Andrade, ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento fala sobre o Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2013/14

por Portal do Planalto publicado 04/06/2013 16h44, última modificação 04/07/2014 15h18
As prioridades do novo plano são armazenagem, irrigação, médio produtor, seguro rural, desenvolvimento sustentável e cooperativismo

 

O Bom Dia Ministro desta quarta-feira (05) recebe o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade.

No programa o ministro fala sobre o Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2013/14 o mais abrangente e maior em volume financeiro já lançado no Brasil. As prioridades do novo plano são armazenagem, irrigação, médio produtor, seguro rural, desenvolvimento sustentável e cooperativismo. Defesa agropecuária e assistência técnica rural também serão fortalecidas.

Anunciado nesta terça-feira, 4 de junho, pela presidenta Dilma Rousseff e pelo ministro, o total de recursos liberados para a próxima safra é de R$ 136 bilhões, sendo R$ 97,6 bilhões para financiamentos de custeio e comercialização e R$ 38,4 bilhões para os programas de investimento. Em relação ao crédito disponibilizado na temporada que termina no dia 30 de junho deste ano, a alta é de 18%.

Dos R$ 136 bilhões previstos para a nova safra, R$ 115,6 bilhões serão com taxas de juros controladas, crescimento de 23% sobre os R$ 93,9 bilhões previstos na temporada 2012/13.

Para o cooperativismo, R$ 5,3 bilhões estarão disponíveis pelos programas de Desenvolvimento Cooperativo para Agregação de Valor à Produção Agropecuária (Prodecoop) e do e Capitalização de Cooperativas Agropecuárias (Procap-Agro).

A elaboração do plano atual dá uma atenção extra para logística e infraestrutura no Brasil. O médio produtor também foi destacado no novo PAP.

O financiamento ao desenvolvimento sustentável da agricultura brasileira continua prioritário entre as modalidades de crédito fomentadas pelo Governo Federal. Uma das principais novidades do plano é o aumento da subvenção ao prêmio do seguro rural.

Já o limite de financiamento de custeio, por produtor, foi ampliado de R$ 800 mil para R$ 1 milhão, enquanto o destinado à modalidade de comercialização passou de R$ 1,6 milhão para R$ 2 milhões. Para apoiar a comercialização, o novo Plano Agrícola e Pecuário terá R$ 5,6 bilhões. Deste total, R$ 2,5 bilhões se destinam à aquisição de produtos e manutenção de estoque e R$ 3,1 bilhões para equalização de preços, de maneira a garantir o preço mínimo ao produtor.

 

Defesa agropecuária e assistência técnica

O evento de lançamento do PAP marcou também o anúncio de iniciativas para aprimorar o sistema de defesa agropecuário do Brasil. Quanto ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (o Sisbi-POA), será criada uma coordenação que garantirá a consolidação do sistema, facilitando o acesso dos estados e municípios ao Programa.

Participam do programa, ao vivo, as rádios: Tupi 9(Rio De Janeiro/RJ )Sistema Correio de Rádio( Maceió /AL)104 Fm(Campo Grande/MS)São Francisco 670 AM ( Anápolis/GO )Celinauta AM(Pato Branco /PR) Belém FM(Belém/PA) Gaúcha AM ( Porto Alegre /RS)Itatiaia (Belo Horizonte/ MG)Gazeta 820 AM(Vitória/ES) Sete Colinas AM (Uberaba/MG ) 96 FM(Palmas /TO) Rede Brasil (Recife /PE)Bahia Nordeste 950 AM(Paulo Afonso/BA) Alternativa FM(Várzea Grande/ MT Record 1470 AM(Florianópolis/SC).

O programa é transmitido ao vivo pela NBR TV e pode ser acompanhado por meio do link no portal da Secretaria de Imprensa da Presidência da República. Para as rádios, o sinal de transmissão é disponibilizado pelo mesmo canal da "Voz do Brasil". Após o programa, o áudio da entrevista estará disponível no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

 

Mais informações
Assessoria de Comunicação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Carlos Mota -(61) 3218-3089
carlos.mnascimento@agricultura.gov.br

 

Ouça a íntegra da entrevista (55min31s) do ministro Antônio Andrade

Assunto(s): Governo federal