Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Bom Dia Ministro > Bom Dia Ministro > No Bom Dia Ministro, Aloizio Mercadante fala sobre o sistema de alerta de desastres e incentivos para repatriação de cientistas

No Bom Dia Ministro, Aloizio Mercadante fala sobre o sistema de alerta de desastres e incentivos para repatriação de cientistas

por Portal do Planalto publicado 29/06/2011 16h59, última modificação 04/07/2014 14h52
Aloizio Mercadante fala no Bom Dia Ministro sobre o sistema de alerta de desastres e incentivos para repatriação de cientistas

 

O programa Bom Dia Ministro desta quinta-feira (20/1) recebe o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante. No programa, Mercadante falará da criação do sistema nacional de prevenção e alerta de desastres naturais, que já no próximo verão poderá dispor de informações adicionais para prevenir catástrofes naturais. Além disso, o Ministro tratará dos incentivos que o governo pretende criar para repatriação de cientistas e a ampliação dos investimentos em pesquisa e inovação. A entrevista é produzida e coordenada pela Secretaria de Imprensa da Presidência da República, e transmitida ao vivo pela NBR TV e via satélite, das 8h às 9h.

O governo federal vai implantar no Brasil um sistema nacional de prevenção e alerta de desastres naturais. A partir da conjugação de dados meteorológicos e geofísicos, será possível dar o aviso para que as populações sejam retiradas das áreas de risco. O sistema entrará em operação plena em quatro anos.

O supercomputador Tupã, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), terá condições de promover o levantamento da incidência de chuvas, ampliando o nível de detalhamento. Será possível prever ainda eventos extremos, como chuvas intensas, secas, geadas, ondas de calor, entre outros. As previsões ambientais e de qualidade do ar também serão beneficiadas, gerando prognósticos com até seis dias de antecedência.

Instalado em Cachoeira Paulista (SP), o Tupã é um modelo XT6 da Cray, capaz de realizar 258 trilhões de cálculos por segundo. Adquirido com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), está entre os mais poderosos supercomputadores do mundo para previsão de tempo e estudos em mudanças climáticas.

Pesquisa - O Ministério da Ciência e Tecnologia pretende ampliar o investimento público em pesquisa e inovação, pois reconhece que ciência e tecnologia é investimento no futuro. Atualmente, é destinado 1,25% do PIB para a área. A finalidade é alcançar entre 2% e 2,5% do PIB na próxima década, como preconiza a IV Conferência da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Outra importante ação será desenvolver uma política de estímulos para a repatriação de talentos no exterior, como estão fazendo a Itália e a China. O governo brasileiro também pretende articular a rede de cientistas e pesquisadores brasileiros que trabalham no exterior para que participem de forma ativa do esforço nacional em ciência, tecnologia e inovação. Só nas universidades americanas há aproximadamente 3 mil professores brasileiros lecionando, que querem e podem participar. Além disso, vai desenvolver políticas de atração de cientistas estrangeiros talentosos, já que hoje o Brasil é uma referência positiva no mundo e tem condições econômicas que permitem avançar nesta direção.

Inovação - O governo federal vai ativar ferramentas que implementem definitivamente o item da inovação na agenda pública e privada, para continuar o processo de distribuição dos benefícios dos avanços científicos e tecnológicos para toda a sociedade. O mundo da ciência e da tecnologia é estratégico para o crescimento. Qualidade e cultura de inovação vão gerar maior valor agregado aos produtos nacionais, aos serviços e aos processos, aumentando a robustez e a competitividade global da economia, e acentuando o atual processo de inclusão social.

Participam do programa as rádios: Tupi (Rio de Janeiro/RJ); Clube FM (Curitiba/PR); 730 AM (Goiânia/GO); Guaíba (Porto Alegre/RS); Bandeirantes (São Paulo/SP); Amazonas FM (Manaus/AM); Excelsior (Salvador/BA); Jornal 710 AM (Maceió /AL); Verdes Mares (Fortaleza/CE); Bandeirantes (Ribeirão Preto/SP); Inconfidência (Belo Horizonte/MG); BandNews FM (Brasília/DF); 96 FM (Palmas/TO); Boas Novas 580 AM (Recife/PE); e 98 FM (João Pessoa/PB).

O Programa é transmitido ao vivo pela NBR TV e pode ser acompanhado por meio do link no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República. Para as rádios, o sinal de transmissão é disponibilizado pelo mesmo canal da "Voz do Brasil". Após o programa, o áudio da entrevista estará disponível no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

 

Mais Informações
Secretaria de Imprensa (61) 3411.1370
Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

 

Ouça a íntegra da entrevista (57min57s) do ministro Aloizio Mercadante no programa Bom Dia Ministro.