Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Bom Dia Ministro > Bom Dia Ministro > No Bom Dia Ministro, Aldo Rebelo fala sobre a participação brasileira nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Londres 2012

No Bom Dia Ministro, Aldo Rebelo fala sobre a participação brasileira nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Londres 2012

por Portal do Planalto publicado 17/07/2012 17h38, última modificação 04/07/2014 14h59

 

O Bom Dia Ministro desta quarta-feira (18/7) entrevista o ministro do Esporte, Aldo Rebelo. No programa, Aldo Rebelo falará sobre os investimentos do governo federal na preparação dos atletas brasileiros que participarão dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Londres 2012. A entrevista é produzida e coordenada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, com transmissão ao vivo pela TV NBR e via satélite, das 8h às 9h.

O Brasil será representado nos Jogos Olímpicos de Londres por 259 atletas (136 homens e 123 mulheres) em 32 modalidades. Destes, 111 são beneficiados pelo programa Bolsa-Atleta, do Ministério do Esporte. Já a delegação paralímpica brasileira que irá para Londres tem 182 atletas – 115 homens e 67 mulheres. Do total de competidores, 156 recebem o benefício do Bolsa-Atleta. O programa é a maior ação de patrocínio esportivo individual do mundo. Criado em 2005, distribuiu mais de 18 mil bolsas, com investimento de R$ 284,4 milhões.

Em 2012, o governo federal beneficia 4.243 atletas de alto rendimento em 53 modalidades que compõem os programas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. O número representa um aumento de 33,3% em relação aos 3.182 de 2011. A edição de 2012 também marca um novo momento do programa, que passa a apoiar atletas consagrados no cenário esportivo, independentemente de receberem outro patrocínio.

O Bolsa-Atleta visa garantir condições mínimas para que os atletas se dediquem, com exclusividade e tranquilidade, ao treinamento esportivo para desenvolver seu rendimento e participar de competições locais, sul-americanas, pan-americanas, mundiais, olímpicas e paralímpicas. O Ministério do Esporte trabalha para que cada vez mais o programa esteja alinhado com a meta de tornar o Brasil uma potência esportiva a partir dos Jogos Rio 2016.

Rio 2016 - Faltam cerca de quatro anos para que a elite do esporte mundial se reúna pela primeira vez em solo sul-americano nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. No planejamento do governo brasileiro, a competição será o ponto de partida para posicionar o país entre as maiores potências mundiais do esporte.

A política de esporte de alto rendimento, elaborada pelo Ministério do Esporte, pretende elevar o país à condição de força olímpica, com a meta de que, a partir de 2016, o país esteja entre as dez primeiras nações no quadro de medalhas. Várias novidades estão firmadas na Lei 12.395/2011, que criou os programas Cidade Esportiva e Rede Nacional de Treinamento, além de alterar o Bolsa-Atleta e modificar a Lei Pelé. Será implementado o contrato de desempenho entre as entidades e o Ministério do Esporte, como condição para recebimento de recursos públicos federais.

A transformação da política de alto rendimento em planos de metas é uma decisão da terceira Conferência Nacional do Esporte, realizada em junho de 2010, que aprovou o Plano Decenal de Esporte e Lazer “Dez pontos em dez anos para projetar o Brasil entre os dez mais”. As mudanças surgiram da necessidade de integração entre as ações da base até a ponta da alta performance. O objetivo é profissionalizar a gestão esportiva e assegurar a articulação entre os três níveis de governo (União, estados e municípios), comitês olímpico e paralímpico, confederações, federações e clubes, definindo o foco de acordo com as necessidades de cada modalidade esportiva..

Participam, ao vivo, as rádios: Jovem Pan AM (São Paulo/SP); CBN Manaus (Manaus/AM); Itatiaia (Belo Horizonte/MG); Aliança FM (São Gonçalo/RJ); Gazeta 1260 AM (Maceió/AL); Bandeirantes AM (Porto Alegre/RS); Globo Linhares (Linhares/ES); Excelsior AM (Salvador/BA); Santa Catarina (Tubarão/SC); Capital FM (Campo Grande/MS); BandNews FM (Brasília/DF); FM Dom Bosco (Fortaleza/CE); Onda Sul FM (Francisco Beltrão/PR); São Luís (São Luís/MA) e Olinda AM (Recife/PE).

O programa Bom Dia Ministro é transmitido ao vivo pela TV NBR e pode ser acompanhado por meio do link no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República. Para as rádios, o sinal de transmissão é disponibilizado pelo mesmo canal da Voz do Brasil. Após o programa, o áudio da entrevista estará disponível no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

  

Mais informações
Secretaria de Imprensa (61) 3411-1370

 

 Confira a íntegra da entrevista (58min22s) de Aldo Rebelo.

 

Assunto(s): Governo federal