Você está aqui: Página Inicial > 2017 > Repasse do Governo do Brasil possibilita manutenção de obras sociais na Bahia

Notícia

Repasse do Governo do Brasil possibilita manutenção de obras sociais na Bahia

Irmã Dulce

Em encontro com o presidente da República, superintendente do Obras Sociais Irmã Dulce destaca a importância do aumento em R$ 1,5 milhão por mês na transferência pelo SUS para atendimento e melhorias
por Planalto publicado: 19/10/2017 17h07 última modificação: 19/10/2017 22h16
Alan Santos/ PR Temer reuniu-se com Maria Rita Pontes e o Ministro da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy

Temer reuniu-se com Maria Rita Pontes e o Ministro da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy

O acréscimo de R$ 1,5 milhão a cada mês pelo Governo do Brasil para a Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), na Bahia, resultou na manutenção de todos os serviços da entidade, responsável pelo atendimento ambulatorial mensal de 4,5 milhões de pessoas, afirmou a superintendente da organização, Maria Rita Pontes. Segundo Maria, havia cinco anos do pleito da Osid, que somente foi atendido na atual gestão.

Na manhã desta quinta-feira (19), ela esteve no Palácio do Planalto para uma reunião com o presidente da República, Michel Temer, e com o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy. Os repasses pelo SUS para as atividades do grupo tiveram crescimento de 18%.

“Vim agradecer ao presidente pela grande ajuda que foi concedida neste ano, com o reajuste do contrato do plano operativo”, afirmou Maria Rita, em entrevista ao Planalto. Ela destacou que a adequação possibilitou a manutenção de todas os trabalhos desenvolvidos. O documento foi reajustado em setembro de 2016.

As Obras Sociais Irmã Dulce são possíveis integralmente por conta do SUS. São 954 leitos. O ambulatório na sede, em Salvador, atende cerca de 2 mil pessoas por dia. Na unidade Nossa Senhora de Fátima, de oncologia, são 1 mil atendimentos ao dia. No encontro, a superintendente recebeu outra boa notícia. “Soubemos que receberemos um aparelho de ressonância magnética, para utilização no Hospital Santo Antônio. Os médicos estão radiantes”, finalizou.

 Fonte: Planalto

registrado em: , ,
Assunto(s): Saúde